Arquivo da categoria: Ações

– CANTA LIBERDADE!!!!

     Há um mês atrás um dos membros do Coletivo NASA chegou com uma idéia de levarmos musica a Fundação Casa (Fundação Centro de Atendimento Socioeducativo ao Adolescente), onde ele é Arte Educador.  A idéia foi desenvolvida e amadurecida com a instituição e sábado, 17 de Dezembro de 2011, um dia ensolarado, seguimos rumo a Fundação Casa Mauá, em família: Coletivo NASA, MonkeyRan, Coligação Zem e ÁudioCombo
Que seria um dia diferente para todos já era esperado, pois isso nunca havia passado pela cabeça de muitos…
Chegamos la e já passamos pelas revistas, deixando vários utensílios na portaria… era nítida a ansiedade e curiosidade de todos!
Subimos para montar os equipamentos e aguardar os 52 adolescentes, que por motivos internos, foram divididos em 2 grupos para prestigiarem o som. Os adolescentes subiram, curiosos e desconfiados, ao se depararem com aquelas pessoas desconhecidas e queriam saber o que era aquela barulheira que estavam ouvindo dos quartos. Para o primeiro contato os músicos se apresentarem – explicando o porque estavam ali, suas expectativas e agradecimentos – de cara os  adolescente já se identificaram com as raízes dos músicos. Sendo assim, os ritimistas ‘músicos felizes e inspirados”, abrem o sábado ensolarado e deixando a mensagem da mudança necessária! Dando a deixa ao lindo despejo de molotov de flores na mente e fechando a tarde com os guerreiros na luta, “o mundo inteiro é luta” e mostrando que existe sim amor em SP!
Depois do pocket show de cada um, 3 dos meninos cantaram um funk de sua própria autoria, acompanhados  da percussão e do beat. Eles conseguiram arrepiar e emocionar todos os marmanjos ali presentes!

“Meu coração bateu bem forte quando eu atravessei a muralha, as trancas já se abriram estou na fundação casa, as normas já foi passada, a saudade é rotina. É domingo, é dia de visita, senti um arrepio na pele ao ver minha mãe chorando, ‘mae eu te peço perdão, pois hoje eu tenho outros planos’ a visita acabou pois ela ainda esta triste nos temos que ser forte que a esperança ainda existe, o dia aqui parece o mesmo, nóis corre contra o relógio. Ai meu deus. Ai meu Deus, isso daqui não acaba logo. A minha coroa ta la fora pensando no que eu vou fazer… o que ela fez por mim eu já mais vou esquecer. O tempo passa e a noite chega eu ainda estou aqui. Pois hoje eu tenho fé em Deus ele vai me tirar daqui. Aqui eu encontrei a dor de uma saudade cada lagrima que cai aumenta a minha saudade, hoje é eu que sinto saudade do mundão. Seguindo sempre em frente com Jesus no coração meu alvará já chegou, não deu nem pra acredita, pra ca não volto mais, eu vi minha mãe chora! Ela tem uma coroa, ela é minha rainha. Com poucas palavras ela sempre me dizia quantas noites ela passou com seus joelhos no chão orando para Deus me proteger nesse mundão. Meu coração tem um berço guardado só pra ela, ela pra mim sempre vai ser a mais bela. Muitas vezes ela falou ‘filho não entra nessa vida eu quero ver você bem, não correndo de policia!’ Nessa vida eu entrei porque tinha uma escolha: da uma casa pra senhora e sai da vida loka, nesse jogo eu joguei, ganhei muito dinheiro, esse dinheiro maligno eu paguei pelo meu erro. Mãe eu te amo de mais eu exalto nosso amor, nas horas ruins e nas horas boas sempre me acompanha. Um beijo para a senhora. Um beijo apertado do seu filho queria que esta sempre do seu lado” (Bruno Ricardo Ferraz)

   È…
A nossa ida a Fundação Casa foi imensurável não há como medir ou explicar as sensações deste sabado, foi uma experiência única e esperamos que a primeira de muitas. Chegamos com a idéia de levar musica para agregar e alegrar o sábado dos adolescentes, mas aconteceu o contrario, fomos surpreendidos… eles nos trouxeram musica e tornaram o nosso sábado diferente, para cada um desta ação. Todos nos saímos de la com um combustível a mais para a responsabilidade social, para a mudança e para o bem.

   A opressão destrói, revolta e feri, só o amor constrói!

“a esperança ainda não morreu! Eu peço agora a nossa proteção de Deus… nossa batalha uma dia vai acabar e nesse mundo so Deus pode julgar. O tempo passa e o Brasil nunca muda, será que um dia agente vence essa luta? Falta de emprego hoje existe bastante, varias pessoas dormem embaixo da ponte. Devido a fome a pessoa rouba um alimento, na reportagem é chamado de delinqüente, só deputado nessa corrupção, maleta de dólar e o tal do mensalão. E as cadeias pouco a pouco aumentando. Nossas crianças o futuro se arrastando, periferia quem disse que não é lazer… nos bailes funk os problemas esquecer. DJ solta logo essa batida em quanto eu canto” (Jeferson Clementino)

‘todos juntos somos fortes’

Obrigada Monkey, CZ e ÁudioCombo pela mensagem, nos como arte educadores estaremos regando a semente que vocês plantaram naquela tarde!

“mas eu queria somente lembrar que milhões de crianças sem lar são frutos de um mal que floriu num país que jamais repartiu”


Anúncios

NASA NA VILA

   No bairro da Vila Madalena acontece a tradicional Feira da Vila Madalena, um dos eventos de rua mais tradicionais de São Paulo.  Devido ao seu grande sucesso junto ao público, surgiu o “Noel na Vila – Madalena vai às compras”  e  a convite da Loja Aga Presentes , o Coletivo N.A.S.A participou, pela primeira vez, do evento.  Aproveitando a diversidade cultural e criativa do bairro realizamos intervenções e atrações culturais que surpreenderam, positivamente, o publico que não esperavam tanta diversidade na feira.
Contamos com grandes presenças:
musicaisCultive Dub, Mix Tape DazRua, Pamelloza, Astrid, Áudio Combo, Coligação Zem, Avante o Coletivo.
Intervenções – malabares e o improviso do Teatro Real
Live paint – MAO Ney Wend  

   Ontem fez um lindo dia, o sol saiu para iluminar o evento.  Estamos muito felizes com o resultado!
Um grande agradecimento e parabéns a todos que, de alguma maneira, contribuíram para que o evento se realizasse e fortaleceram a família NASA .

” a causa é legítima”

TEDxUSPLESTE

TEDxUSPLESTE

   No dia 19 de Novembro, o Coletivo N.A.S.A foi a mais um evento do TED (http://www.tedxuspleste.com.br/?cat=6), o TEDxUSP que tinha como tema “Juventude em rede e os caminhos da inovação”, onde foram apresentados 16 projetos, de forma dinâmica musicalmente e/ou palestrados !
Os projetos surgiram de inquietações, reflexões e questionamentos sobre o futuro e sobre o meio em que vivem.  Surgindo o começo de tudo…de um todo.

As palestras foram inspiradoras e alimentaram nosso objetivo, nos motivando ainda mais.  Desde as meninas do Rugby, que levam a paixão do esporte para a comunidade da Zona Leste, montando o ‘Rugby, Juventude e Cidadania’ (http://rugbycidadania.blogspot.com/), mostrando a comunidade novas possibilidades, oportunidades e soluções para as demandas locais.
Paula Bonazzi, estudante da USP, que junto a 2 amigos fundou o MAIA – Movimento de Ações e Ideias Ambientais  (http://movimentomaia.com/),  “onde, por meio da mobilização e engajamento das pessoas, nós possamos transformar idéias em ações Perenes, Sustentáveis e Simples de serem executadas no dia-a-dia.”
Outra palestra que nos marcou foi  do Jean Diniz, fundador da  TAG-Troca de Aprendizado da Gestão e visionário, que identificou  as carências e a falta de responsabilidade social em Sorocaba. Hoje em dia a TAG é uma organização que auxilia as ONG´s e oferece curso a jovens para a responsabilidade social na comunidade acadêmica.
Enfim, das palestras, o Leo Duarte, quem fez os olhos brilharem… membro do OASIS (http://oasisanima.ning.com/) e sonhador. Acredita nos jovens como maiores ativistas das ações nos Projetos. Visualiza as carências da comunidade e viabiliza para que a propria comunidade identifique e trabalhem em pro das ações.  Assim foi chamado para fazer uma imersão do projeto na Índia.

Dos projetos musicais, contamos com a presença da ‘banda mais bonita da cidade’ (http://tinyurl.com/cuswyn2), Bateria Bandida (http://tinyurl.com/d3lq25q)  e o Projeto Playing for Change (http://playingforchange.com/), lindamente aplicado no mundo todo. O vídeo fala por si: http://tinyurl.com/cn66u7c !

A Banda Mais Bonita da Cidade

   Todos em prol do mesmo objetivo: melhorar o meio em que vive, conscientizar e responsabilizar as pessoas por esse meio! E não faremos isso sozinhos, quanto mais grupos forem se formando, quanto mais trocas de vivencias e idéias forem amadurecidas, estaremos fortalecidos. “Qualquer um é capaz de transformar a sua respectiva realidade”. O sonho de transformação é possível SIM!
E o que é mais fantástico de tudo, é que aquelas pessoas que tinham o sonho de transformar, foram as mais transformadas…!

Transformados

“ARTISTA IGUAL PEDREIRO”


Pedreiros

    Ontem, dia 20 de Outubro, no espaço Cidadão do Mundo, rolou o Debate sobre ‘Os novos rumos da Cultura: Gestão e Produção cultural em rede’,  a convidada para conduzir o Debate foi uma representante do Coletivo Enxame, Fora do Eixo de Bauru, Laís Bellini.                                                                                Foi um encontro de vários Coletivos com idéias e vivencias contrastantes, porem todos em pro do mesmo ideal:  A Cultura, como fator de desenvolvimento.                                                                                                              A palestrante arrebentou na apresentação da Estrutura da Casa Fora do Eixo, apresentando que é possível SIM viver de cultura, que os Coletivos podem e devem ter autonomia e deixarem de ser protagonistas. E para isso devemos nos estruturar.                                                                                                                                            A roda do Debate foi quente, com ativistas de varias vertentes (músicos, produtores, artistas …) que de acordo com suas experiências, foram expondo os seus pontos de vista e suas dificuldades.                                                                                         Foi nítida a surpresa e a euforia dos diversos grupos quando se encontraram, todos dispostos a continuar contribuindo para que os Coletivos evoluam juntos, continuem se integrando, difundindo a cultura e desenvolvendo pessoas.
    Lutamos pela mesma causa por que não nos unir? Como diz  o velho ditado: “a união faz a força”, piegas, mas é fato!

    O Coletivo N.A.S.A agradece a receptividade de todos e o convite de Rafael Cab do Coletivo Marte.

 O HOMEM COLETIVO SENTE A NECESSIDADE DE LUTAR
 (Chico Science)

TERÇA EM MOVIMENTO . 2º EDIÇÃO 18/10

Terça Feira, 18 de Outubro Aconteceu a 2° Edição da Terça em Movimento. Foi uma NOITE IMENSURÁVEL!

Confira as fotos:

http://www.facebook.com/media/set/?set=a.227377017326216.58833.100001617572776&type=3

2° Terça em Movimento

Abertura da Exposição do Feto com Live Painting do próprio Feto Szamszoryk (http://www.flickr.com/photos/fetone) e de Danilo Roots (http://www.flickr.com/danroots) abrindo oficialmente a curadoria da galeria de arte que se forma no Tupinikim Bar e Restaurante.

Foi nítida a presença de espírito das pessoas em trocar conhecimento, vários artistas passaram por lá, Daniel Bernardinelli, Marcio Moreno, Kinho Salamaleico, Mc´s como Segredo, TM, Edaum, Tutu, Tifú, Xuvisco, músicos da Coligação ZEM, Digão Ragga, Kuca D´Sabre, PanicoX, Rafael Cab, Flávio Augusto, graffiteiros da nova e da velha escola como os também tatuadores Kaaone e Rafael Horvat, Osmar, Dicko, Droo, Porko, Maurão, Ney Braga, Tgui, Lucas, Faim, Magoo, Dhest, TG, Not, produtores como Edson Silva do SPCultural, ativistas ou simples formadores de opiniões que se alimentam e fomentam todo tipo de cultura urbana. O Coletivo fica grato a todos que compareceram independente da citação acima.

O Empréstimo de Livros teve seu acervo renovado e não há a necessidade de levar um em troca, basta pegar e trazer de volta. A ação Floresta Faz a Diferença continuou com o colhimento de assinaturas e a renovação dos cartazes pela casa.

CINE.DOC: Circuito de Exibição de Vídeo Popular – São Paulo
*Marcha dos 5000
DIreção: Nicolau Bruno

*Gente Muda de Muro em Muro
Direção: Patrícia Alencar e Tchê Araujo

*Várzea, a bola rolada na beira do coração
Direção: Akins Kintê

*O Preço da luz é um roubo
Direção: Coletiva

O BAZAR LIVRE contou com as presenças de:
*DAZRUA (Rua Shop)
*O Louva Deus (Rua Shop)
*Jaz Co. (Rua Shop)
*Rato (Quadros)
*Samuel (Quadros)
*Maria Joana (Garrafas Artesanais)
*Delírios Naturais (Artes Recicláveis)
*Mofo da Nega (Brechó)
*Marinega Brechó (Brechó)
*Maria Algodão Doce (Artesanato)
*Assoc. Cultural Ylê Omolokô
*D´quebrada (Rua Shop)

*Tolipa apresentou suas telas em branco para Graffiteiros de plantão a um ótimo preço pra quem precisa pintar em quadros.

Monkey Jhayam, com sua voz característica, apresentou os convidados musicais da noite:

-WILL AUDIO COMBO e DIAZZ (lançando o EP Me Encontre nas Ruas);
Lançou o EP em grande estilo, com um som marcante, pesado que fez todo mundo se perguntar de onde vinha aquele tremor no peito. Com a participação D´quebrada quebrando tudo.

Dá o confere: http://soundcloud.com/willaudiocombo/me-encontre-nas-ruas-will

-TRIPLÉX FINO´S CREW e convidados;
O já conhecido da casa Triplex fechou a memorável noite, com a propagação de realismo e positividade sentida na voz.

Dá o confere: http://soundcloud.com/triplex-2011/desempregado-vai-passar-feat

Ao final, todos que preencheram o cadastro do Coletivo N.A.S.A., concorreram a uma camiseta DAZRUA e as telas pintadas no dia:

-Allisson Frasquetti levou a camiseta DAZRUA;
-Felipe Carrilo levou a tela pintada por Danilo Roots;
-Camila Otênio levou a tela pintada por Feto.

E o evento se encerrou com sede de quero mais por essa troca de influências e conhecimentos que só agrega em nosso âmbito.

. SOLUÇÕES LOCAIS PARA PROBLEMAS GLOBAIS .

Coletivo N.A.S.A

Seja um Oficineiro !

 

As Oficinas Culturais Itinerantes – ART’inerante –  é mais um Projeto do Coletivo N.A.S.A,  será destinado á pessoas que tem como objetivo implantar a arte em suas vidas, os capacitando á realizar suas próprias manifestações artísticas, transformar o meio em que vivem, assim englobando o âmbito social que tem como base a solidariedade, o espírito comunitário, a cidadania, a urbanidade, o patriotismo e o humanitarismo.
O nome “Itinerante” surge na idéia de que são diversas linguagens artísticas e corporais, onde o foco, além de ser o munícipe, será também atingir o maior numero de regiões atendidas, promovendo a arte e cultura ao alcance de todos, e totalmente gratuito.

Se você deseja ser um Oficineiro Voluntario do Projeto ART’inerante,encaminhe seu projeto para coletivonasa@gmail.com  (uma proposta básica de sua oficina ou workshop, com o objetivo, a duração, os materiais a serem utilizados e etc) e seu release artístico.

“Altruísmo e solidariedade são valores morais socialmente constituídos vistos como virtude do indivíduo (…) Não se deve esquecer, contudo, o potencial transformador que essas atitudes representam para o crescimento interior do próprio indivíduo”

Terça Em Movimento


Terça Em Movimento 18.10

Terça Em Movimento 18.10

….SOLUÇÕES LOCAIS PARA PROBLEMAS GLOBAIS….

Nesta terça, 18 de Outubro, acontecera mais uma intervenção do Coletivo N.A.S.A.     A segunda edição do projeto TERÇA EM MOVIMENTO 

A proposta é fortalecer diversos movimentos:  Meio Ambiente e Sociedade, Esporte, Cultura, Arte e afins, realizando todas as terças um encontro diferenciado trazendo a galera para um ambiente agradável e descontraído com a visão de proporcionar aos artistas e demais convidados um espaço para expor suas obras ideias e intervenções, sempre acompanhados de um som de qualidade intimista proporcionado por um Dj ou uma Banda.

AÇÕES DA NOITE:

–  CineClub: Documentários Regionais

– Exposições: Abertura da Exposição do Feto com Live Paiting do próprio artista e de Danilo Roots (SORTEIO DOS TRABALHOS AO FINAL DO EVENTO)

– Música:  MONKEY JHAYAM, convida: AUDIO COMBO + DIAZZ (lançamento do EP Me Encontre nas Ruas) e  TRIPLÉX FINO´S CREW;

– Bazar Livre:  *DAZRUA *O Louva Deus *Jaz Co. *Rato e Samuel *Maria Joana Artesanato *Delírios Naturais *Mofo da Nega *Marinega Brechó *Maria Algodão Doce

Venha motivado para estabelecer conexões e agregar conhecimento cultural.

Esperamos vocês . Vamos fortalecer !

Visita Projeto Ponto Net


Coletivo N.A.S.A

Coletivo N.A.S.A

No dia 12 de Outubro de 2011, o Coletivo N.A.S.A, realizou mais uma colaboração, com o Projeto Ponto Net (www.projetopontonet.blogspot.com), no Jardim Riviera, uma comunidade afastada do grande centro de Santo André.
O trabalho do Projeto Ponto Net, tem com objetivo a inclusão social/digital para todas as idades; e com todas as dificuldades, os realizadores conseguiram colocar em prática as atividades para a comunidade.
Hoje foi realizada a entrega do Certificado de Conclusão do Curso de Introdução à Informática para os alunos, e realmente não há limite de faixa etária, a curso e a inclusão do projeto são para todos.
O Projeto PontoNET, fica localizado na região do Pedroso, extensa área que margeia a Represa Billings e sofre arduamente com o avanço desvairado da ocupação em área de manancial, e ainda com o impacto sofrido pelo Rodoanel.
Os Escritores de Graffiti de plantão ganharam um muro, já preparado para a arte. Quando os arteiros começaram a criançada, que estavam quietas dentro da sala, conectadas, saíram curiosas para ver o que estava acontecendo. Sendo assim, já houveram pedidos de oficinas de Graffiti e o pessoal do Projeto Ponto Net, solidários, irão nos apoiar com um espaço, para a realização das Oficinas Culturais Itinerantes. (Projeto ART’nerante).

Coletamos assinaturas do Floresta Faz a Diferença de todos os presentes que também se mostraram preocupados com essa situação

Ficou nítida a carência e o apetite por informação e cultura da comunidade.  O Coletivo N.A.S.A  só tem o que acrescentar e crescer com esses projetos e fica grato por poder colaborar.