Arquivo mensal: outubro 2011

Relatório semanal do Projeto ART’inerante

Relatório semanal do Projeto ART’inerante (Oficinas Culturais Itinerantes)

Oficinas: Arte sustentável e Graffiti
Arte educadores:Rodrigo Smul & Thatá Oliveros.

Oficina Graffiti

A Oficina de Arte Sustentável se iniciou para as crianças de 05 a 12 anos, com o conceito básico do que é Sustentabilidade, Reciclagem e Reutilização; Depois mãos a obras ….! Em uma roda dividimos as garrafas, nossa matéria prima, e começamos a arte livre, para essa primeira aula, para que as crianças começassem a se familiarizar e entender o que seria a arte em garrafas. Frisado que a pintura é livre saíram pinturas diversas e nenhum se apegou a pintura do outro; Com muita bagunça e sorrisos, as crianças se divertiram e fica ai a vontade para as próximas aulas, não só delas, mas da arte-educadora.
Já a Oficina de Graffiti se iniciou com adolescentes á partir de 12 anos e com a história do Graffiti dentro do movimento Hip-Hop e nos dias de hoje, seu papel como instrumento transformador e de inclusão social, passando por letras estilizadas de “Throw-up” e Tag’s”.
Pudemos perceber que a linguagem foi bem aceita pela comunidade e servirá de base para que outras atividades e linguagens possam chegar à associação beneficente do Jardim Santo André e Adjacências.

“O conhecimento partilhado em igualdade de condições, com todos, deve ser a motivação de nossa existência”

Anúncios

Inicio do Projeto ART’inerante

Coletivo N.A.S.A dara inicia as Oficinas Culturais Itinerantes no próximo sábado 29 de Outubro, na Associação do Jardim Santo André.
Iniciaremos com as Oficinas de Grafiti e Arte Sustentável, sendo assim conseguiremos levar outras oficinas as demais comunidades.
Coletivo N.A.S.A agradece a receptividade e o entusiasmo da Associação do Jardim Santo André. Estamos muito felizes pela iniciação das Oficinas!

A arte, em suas diversas vertentes, integra as pessoas, desenvolve a criatividade e desperta sensações.
Acreditamos que a arte como um fator de desenvolvimento, não só para as comunidades que serão implantadas as oficinas, mas para nos Arte Educadores, também.

“Eu não acredito em caridade. Eu acredito em solidariedade. Caridade é tão vertical: vai de cima para baixo. Solidariedade é horizontal: respeita a outra pessoa e aprende com o outro. A maioria de nós tem muito o que aprender com as outras pessoas.”

“ARTISTA IGUAL PEDREIRO”


Pedreiros

    Ontem, dia 20 de Outubro, no espaço Cidadão do Mundo, rolou o Debate sobre ‘Os novos rumos da Cultura: Gestão e Produção cultural em rede’,  a convidada para conduzir o Debate foi uma representante do Coletivo Enxame, Fora do Eixo de Bauru, Laís Bellini.                                                                                Foi um encontro de vários Coletivos com idéias e vivencias contrastantes, porem todos em pro do mesmo ideal:  A Cultura, como fator de desenvolvimento.                                                                                                              A palestrante arrebentou na apresentação da Estrutura da Casa Fora do Eixo, apresentando que é possível SIM viver de cultura, que os Coletivos podem e devem ter autonomia e deixarem de ser protagonistas. E para isso devemos nos estruturar.                                                                                                                                            A roda do Debate foi quente, com ativistas de varias vertentes (músicos, produtores, artistas …) que de acordo com suas experiências, foram expondo os seus pontos de vista e suas dificuldades.                                                                                         Foi nítida a surpresa e a euforia dos diversos grupos quando se encontraram, todos dispostos a continuar contribuindo para que os Coletivos evoluam juntos, continuem se integrando, difundindo a cultura e desenvolvendo pessoas.
    Lutamos pela mesma causa por que não nos unir? Como diz  o velho ditado: “a união faz a força”, piegas, mas é fato!

    O Coletivo N.A.S.A agradece a receptividade de todos e o convite de Rafael Cab do Coletivo Marte.

 O HOMEM COLETIVO SENTE A NECESSIDADE DE LUTAR
 (Chico Science)

TERÇA EM MOVIMENTO . 2º EDIÇÃO 18/10

Terça Feira, 18 de Outubro Aconteceu a 2° Edição da Terça em Movimento. Foi uma NOITE IMENSURÁVEL!

Confira as fotos:

http://www.facebook.com/media/set/?set=a.227377017326216.58833.100001617572776&type=3

2° Terça em Movimento

Abertura da Exposição do Feto com Live Painting do próprio Feto Szamszoryk (http://www.flickr.com/photos/fetone) e de Danilo Roots (http://www.flickr.com/danroots) abrindo oficialmente a curadoria da galeria de arte que se forma no Tupinikim Bar e Restaurante.

Foi nítida a presença de espírito das pessoas em trocar conhecimento, vários artistas passaram por lá, Daniel Bernardinelli, Marcio Moreno, Kinho Salamaleico, Mc´s como Segredo, TM, Edaum, Tutu, Tifú, Xuvisco, músicos da Coligação ZEM, Digão Ragga, Kuca D´Sabre, PanicoX, Rafael Cab, Flávio Augusto, graffiteiros da nova e da velha escola como os também tatuadores Kaaone e Rafael Horvat, Osmar, Dicko, Droo, Porko, Maurão, Ney Braga, Tgui, Lucas, Faim, Magoo, Dhest, TG, Not, produtores como Edson Silva do SPCultural, ativistas ou simples formadores de opiniões que se alimentam e fomentam todo tipo de cultura urbana. O Coletivo fica grato a todos que compareceram independente da citação acima.

O Empréstimo de Livros teve seu acervo renovado e não há a necessidade de levar um em troca, basta pegar e trazer de volta. A ação Floresta Faz a Diferença continuou com o colhimento de assinaturas e a renovação dos cartazes pela casa.

CINE.DOC: Circuito de Exibição de Vídeo Popular – São Paulo
*Marcha dos 5000
DIreção: Nicolau Bruno

*Gente Muda de Muro em Muro
Direção: Patrícia Alencar e Tchê Araujo

*Várzea, a bola rolada na beira do coração
Direção: Akins Kintê

*O Preço da luz é um roubo
Direção: Coletiva

O BAZAR LIVRE contou com as presenças de:
*DAZRUA (Rua Shop)
*O Louva Deus (Rua Shop)
*Jaz Co. (Rua Shop)
*Rato (Quadros)
*Samuel (Quadros)
*Maria Joana (Garrafas Artesanais)
*Delírios Naturais (Artes Recicláveis)
*Mofo da Nega (Brechó)
*Marinega Brechó (Brechó)
*Maria Algodão Doce (Artesanato)
*Assoc. Cultural Ylê Omolokô
*D´quebrada (Rua Shop)

*Tolipa apresentou suas telas em branco para Graffiteiros de plantão a um ótimo preço pra quem precisa pintar em quadros.

Monkey Jhayam, com sua voz característica, apresentou os convidados musicais da noite:

-WILL AUDIO COMBO e DIAZZ (lançando o EP Me Encontre nas Ruas);
Lançou o EP em grande estilo, com um som marcante, pesado que fez todo mundo se perguntar de onde vinha aquele tremor no peito. Com a participação D´quebrada quebrando tudo.

Dá o confere: http://soundcloud.com/willaudiocombo/me-encontre-nas-ruas-will

-TRIPLÉX FINO´S CREW e convidados;
O já conhecido da casa Triplex fechou a memorável noite, com a propagação de realismo e positividade sentida na voz.

Dá o confere: http://soundcloud.com/triplex-2011/desempregado-vai-passar-feat

Ao final, todos que preencheram o cadastro do Coletivo N.A.S.A., concorreram a uma camiseta DAZRUA e as telas pintadas no dia:

-Allisson Frasquetti levou a camiseta DAZRUA;
-Felipe Carrilo levou a tela pintada por Danilo Roots;
-Camila Otênio levou a tela pintada por Feto.

E o evento se encerrou com sede de quero mais por essa troca de influências e conhecimentos que só agrega em nosso âmbito.

. SOLUÇÕES LOCAIS PARA PROBLEMAS GLOBAIS .

Coletivo N.A.S.A

Seja um Oficineiro !

 

As Oficinas Culturais Itinerantes – ART’inerante –  é mais um Projeto do Coletivo N.A.S.A,  será destinado á pessoas que tem como objetivo implantar a arte em suas vidas, os capacitando á realizar suas próprias manifestações artísticas, transformar o meio em que vivem, assim englobando o âmbito social que tem como base a solidariedade, o espírito comunitário, a cidadania, a urbanidade, o patriotismo e o humanitarismo.
O nome “Itinerante” surge na idéia de que são diversas linguagens artísticas e corporais, onde o foco, além de ser o munícipe, será também atingir o maior numero de regiões atendidas, promovendo a arte e cultura ao alcance de todos, e totalmente gratuito.

Se você deseja ser um Oficineiro Voluntario do Projeto ART’inerante,encaminhe seu projeto para coletivonasa@gmail.com  (uma proposta básica de sua oficina ou workshop, com o objetivo, a duração, os materiais a serem utilizados e etc) e seu release artístico.

“Altruísmo e solidariedade são valores morais socialmente constituídos vistos como virtude do indivíduo (…) Não se deve esquecer, contudo, o potencial transformador que essas atitudes representam para o crescimento interior do próprio indivíduo”

Terça Em Movimento


Terça Em Movimento 18.10

Terça Em Movimento 18.10

….SOLUÇÕES LOCAIS PARA PROBLEMAS GLOBAIS….

Nesta terça, 18 de Outubro, acontecera mais uma intervenção do Coletivo N.A.S.A.     A segunda edição do projeto TERÇA EM MOVIMENTO 

A proposta é fortalecer diversos movimentos:  Meio Ambiente e Sociedade, Esporte, Cultura, Arte e afins, realizando todas as terças um encontro diferenciado trazendo a galera para um ambiente agradável e descontraído com a visão de proporcionar aos artistas e demais convidados um espaço para expor suas obras ideias e intervenções, sempre acompanhados de um som de qualidade intimista proporcionado por um Dj ou uma Banda.

AÇÕES DA NOITE:

–  CineClub: Documentários Regionais

– Exposições: Abertura da Exposição do Feto com Live Paiting do próprio artista e de Danilo Roots (SORTEIO DOS TRABALHOS AO FINAL DO EVENTO)

– Música:  MONKEY JHAYAM, convida: AUDIO COMBO + DIAZZ (lançamento do EP Me Encontre nas Ruas) e  TRIPLÉX FINO´S CREW;

– Bazar Livre:  *DAZRUA *O Louva Deus *Jaz Co. *Rato e Samuel *Maria Joana Artesanato *Delírios Naturais *Mofo da Nega *Marinega Brechó *Maria Algodão Doce

Venha motivado para estabelecer conexões e agregar conhecimento cultural.

Esperamos vocês . Vamos fortalecer !

Visita Projeto Ponto Net


Coletivo N.A.S.A

Coletivo N.A.S.A

No dia 12 de Outubro de 2011, o Coletivo N.A.S.A, realizou mais uma colaboração, com o Projeto Ponto Net (www.projetopontonet.blogspot.com), no Jardim Riviera, uma comunidade afastada do grande centro de Santo André.
O trabalho do Projeto Ponto Net, tem com objetivo a inclusão social/digital para todas as idades; e com todas as dificuldades, os realizadores conseguiram colocar em prática as atividades para a comunidade.
Hoje foi realizada a entrega do Certificado de Conclusão do Curso de Introdução à Informática para os alunos, e realmente não há limite de faixa etária, a curso e a inclusão do projeto são para todos.
O Projeto PontoNET, fica localizado na região do Pedroso, extensa área que margeia a Represa Billings e sofre arduamente com o avanço desvairado da ocupação em área de manancial, e ainda com o impacto sofrido pelo Rodoanel.
Os Escritores de Graffiti de plantão ganharam um muro, já preparado para a arte. Quando os arteiros começaram a criançada, que estavam quietas dentro da sala, conectadas, saíram curiosas para ver o que estava acontecendo. Sendo assim, já houveram pedidos de oficinas de Graffiti e o pessoal do Projeto Ponto Net, solidários, irão nos apoiar com um espaço, para a realização das Oficinas Culturais Itinerantes. (Projeto ART’nerante).

Coletamos assinaturas do Floresta Faz a Diferença de todos os presentes que também se mostraram preocupados com essa situação

Ficou nítida a carência e o apetite por informação e cultura da comunidade.  O Coletivo N.A.S.A  só tem o que acrescentar e crescer com esses projetos e fica grato por poder colaborar.